little monkey

elstel.org

by Elmar Stellnberger

Eleições para o Bundestag

Categoria: general,
Origem: info,
Língua: pt,
Tipo:
new
.
“Pois hoje é um dia asi, você não muda a política.” Armin Laschet (CDU) respondeu quando um repórter lhe perguntou após a enchente do século se ele queria mudar sua política climática. Ele contou como um sucesso de política climática de seu partido, o que o movimento de proteção ambiental arrancou dele com dificuldade (links a heise.de). Quando a política inicialmente não fornecera ajuda de emergência respectiva, várias bandas alemãs e o Metallica coletaram doações para as vítimas das enchentes (SN). Os principais candidatos, Annalena Baerböck (Verdes) e Armin Laschet, são acusados de má conduta, ou seja, uma alegação de seu curriculum vitae e citar fontes incorretamente (isto é, copiado) no livro de Armin Laschet “A república emergente”. A Alemanha está acostumada a uma figura de liderança forte e as pessoas se ressentem destes coisas. Mas não se pode esquecer que, no fundo, é o partido que faz política. Armin Laschet, o primeiro-ministro da Renânia do Norte-Vestfália, a área em que estão localizadas algumas das regiões de inundação mais afetadas, talvez também queira fazer ele próprio uma política diferente, o que suas primeiras declarações teriam sugerido. Creemos, quem quer estar sem compromisso a favor de mais proteção climática deve votar para um partido que também o esteja. Em klimawahlcheck.org você pode ver as posições dos partidos e, portanto, nem a CDU/CSU quer uma saída de carvão antes do 2038 que é tarde demais, nem o SPD está entusiasmado de isso. Para eletricidade apenas de fontes renováveis e também para agricultura 25% orgânica, ambas as partidas não podem aquecer. Mas se você quiser acabar com a mudança climática, as emissões têm que chegar a zero em algum momento e melhor mais cedo do que mais tarde, caso contrário, o aquecimento continuará. Pergunta sobre Cum-Ex a Olaf Scholz: “Não consigo compreender porque é que não se lembra de várias reuniões oficiais individuais no seu escritório, que envolveram muitos, muitos milhões de euros. El senhor está mentindo para nós? " (abgeordnetenwatch.de), até agora sem uma resposta.



Robôs de remoção de ervas daninhas / Clorpirifós proibido nos EUA

Categoria: general,
Origem: info,
Língua: pt,
Tipo:
update
.

Um sonho há muito imaginado está agora se tornando realidade: robôs capinadores que podem detectar automaticamente ervas daninhas, destruindo-as com um laser. Alguns desses robôs ainda usam agrotóxicos, porém reduzindo seu uso em 90%. Algumas pragas, como pulgões, não podem ser tratadas de outra forma. Esses robôs têm o tamanho de um carro e já estão em uso com sucesso.

Nos Estados Unidos, a EPA (agência de proteção ambiental) proibiu todos os usos alimentares de clorpirifós, um pesticida que causa dificuldades de aprendizagem, perda de QI e atrasos no desenvolvimento de crianças. Outros usos como contra mosquitos ou em campos de golfe ainda são permitidos. De fato, outros produtos químicos relacionados na família do organofosforados também devem ser proibidos. Na UE, o clorpirifos é proibido há mais tempo.




Plástico neutro para o clima através de algas azules

Categoria: general,
Origem: info, action,
Língua: pt,
Tipo:
update
.

Moritz Koch e sua equipe da Universidade de Tübingen, na Alemanha, fizeram com que as algas azules formassem tanto PHB (polihidroxibutirato) que chega a 80% da massa total da célula. O PHB tem propriedades semelhantes ao polipropileno, mas é biodegradável. Provavelmente é usado pelas cianobactérias como acumulador de energia. Os plásticos à base de petróleo, por outro lado, não se degradam por muito muito tempo e são um grande problema porque contaminam os oceanos, o solo e a água potável. Com os novos resultados da pesquisa, o PHB poderia ser fabricado em grande escala e substituir o material de embalagem à base de petróleo. Os plásticos feitos de bactérias são conhecidos há muito tempo, mas eles não são neutros para o clima se precisarem de açúcar ou gorduras em vez de CO2 como matéria-prima. O plástico bacteriano custa 5€ por quilograma, o plástico fóssil custa 2€ por quilograma (SN 2021-07-23).

O poliéster convencional pode ser decomposto por uma enzima de estômagos bovinos, como foi descoberto em Tulln na Universidade de Recursos Naturais e Ciências da Vida (BOKU) na Áustria (SN 2021-08-04). Esta pode ser outra solução para a crise ambiental do plástico. Enquanto se busca soluções na Europa, a Adani Enterprises na Índia está considerando como poluir ainda mais: Petição contra o plástico feito de carvão, o plástico mais sujo do mundo. Se eles não podem queimar tanto carvão, eles querem fazer plástico com ele.

Conforme decidido em 2018, a maioria dos produtos feitos de plástico descartável foi proibida na UE desde o início de julho de 2021. O fato de que substâncias biodegradáveis feitas de bagaço (cana-de-açúcar), fibras de trigo, fibras de bambu ou folhas de palmeira estão em uso geralmente deve ser avaliado positivamente. Um grande golpe, no entanto, é que os aditivos tóxicos são regulamentados até o último detalhe para o plástico, enquanto apenas uma estrutura esponjosa se aplica aos substitutos (SN 2021-08-07). Por exemplo, os PFAS (substâncias alquil perfluoradas) particularmente ostracizados são usados para tornar essas substâncias repelentes de água. Os PFAS são extremamente prejudiciais à saúde, não são biodegradáveis e se acumulam desde o Ártico até o sangue do cordão umbilical. Cloropropanóis potencialmente cancerígenos também são usados. Altas concentrações de pesticidas foram medidas em substâncias feitas de folhas de palmeira. Até que haja um plano de sucessão viável, o consumidor só pode prescindir dos serviços de fast food e entrega de refeições. Isso também economizaria enormes montanhas de lixo. Até o alumínio, se absorvido pelo corpo, é prejudicial, sem falar na bagunça ambiental de lama vermelha.




Enchente na Alemanha

Categoria: general,
Origem: info,
Língua: pt,
Tipo:
new
.
Em nossa opinião, a mídia, pelo menos aqui na Áustria, relatou con uma cobertura comparativamente insuficiente das recentes inundações devastadoras no oeste da Alemanha. A destruição é enorme. Mais de 1.000 pessoas estão desaparecidas. A pequena cidade de Schuld, no Vale Ahr, foi gravemente atingida. Uma família só conseguiu se salvar no telhado, outras casas desabaram ou foram arrastadas, parece como depois de um tsunami. A melhor maneira de ter uma impressão do desastre é vendo os fotos: volksfreund.de, daswetter.com. Bélgica e Holanda também foram atingidos: tagesschau.de. Internet, celular e telefone estavam fora de serviço. A maioria das estações-base de celular está ligada a eletricidade agora, mas muitos dos cabos de fibra ótica foram derrubados como se tivessem passado por pontes arrastadas. Em algumas áreas, não haverá internet até 2022. Eletricidade e água também devem ser construídas do zero em muitos lugares; isso vai levar tempo.



Pivô de Cum-Ex preso

Categoria: general,
Origem: info,
Língua: pt,
Tipo:
update
.
O advogado Hanno Berger, procurado como arquiteto de Cum-Ex, foi preso no dia 7 de julho em Graubünden, Suíça, de acordo com o procurador-geral de Francoforte. Ele está atualmente resistindo à extradição para a Alemanha. O Augsburger Allgemeine relatou em 27 de julho que ele ainda esta sob custódia de extradição na Suíça. Cum-Ex é o maior escândalo de fraude na história tributária da Alemanha, no qual impostos que nunca foram pagos foram “reembolsados” sobre os custos do estado. Uma decisão importante também foi feita recentemente em Karlsruhe: Os mais altos juízes determinaram que Cum-Ex era criminal e não apenas ilegal e que, portanto, os infrações penais ainda não são prescrevidos por lei (welt.de 28/07/2021).